fbpx
NotíciasNovidades

Temu: nova plataforma de varejo Chinês pretende conquistar os consumidores brasileiros

Com preços atrativos e a promessa de frete grátis, a Temu se prepara para iniciar as vendas no Brasil

Assim como a Shopee, Aliexpress e Shein, a nova varejista Temu planeja oferecer preços até 50% mais baixos que o varejo tradicional. Empresários do varejo chinês Temu, fizeram um levantamento sobre o comportamento do consumidor brasileiro e dizem estar empolgados com o início das vendas no Brasil.

As informações divulgadas sobre o levantamento, é que o e-commerce aumenta 30% a cada ano no Brasil. Isso deixou os varejistas chineses empolgados, pois os brasileiros já estão familiarizados com compras online através de aplicativos e promete ser uma grande concorrente do mercado varejista.

Sobre a Temu

A Temu está presente em 18 países, e a expectativa é que até o fim do ano, as vendas sejam iniciadas no Brasil. O nome Temu tem o significado ‘Team Up, Price Down’ ou ‘Time para cima, preços para baixo’ uma abreviação do lema da empresa. A estrutura para atender os consumidores brasileiros já vem acontecendo, e a empresa foca em eliminar o máximo de intermédios, conectando os consumidores diretamente aos fabricantes chineses.

Temu (tee-moo) é um mercado online que conecta consumidores com milhões de vendedores, fabricantes e marcas em todo o mundo com a missão de capacitá-los a viver suas melhores vidas. A Temu está empenhada em oferecer os produtos de qualidade mais acessíveis para permitir que consumidores e vendedores realizem seus sonhos em um ambiente inclusivo. A Temu foi fundada em Boston, Massachusetts, em 2022.

De propriedade da PDD Holdings, a Temu surgiu e alcançou um impressionante volume de vendas de US$ 2,3 bilhões em seu primeiro ano de operação. Seu fundador é Colin Huang, ex-executivo do Google China.

Colin Huang, ex-executivo do Google China
Colin Huang, ex-executivo do Google China

Diferente de um simples site de moda, a plataforma oferece uma ampla gama de produtos, englobando mais de trinta categorias. As categorias vão desde beleza e saúde, casa e jardim, joias e acessórios, eletrônicos, sapatos e bolsas, até esportes e atividades ao ar livre, artigos para animais de estimação, produtos para escritório e, é claro, moda.

Temu Vs Shein

Mais parece que mesmo antes de chegar ao Brasil, a Temu e a Shein já se envolveram em uma briga judicial. A empresa chinesa de comércio eletrônico Temu afirmou que vem sofrendo com práticas injustas e ilegais de exclusão por parte de sua concorrente, a Shein, desde o lançamento da Temu nos Estados Unidos em 2022. Essa situação vem intensificando a rivalidade entre as duas empresas de “modo rápido”, culminando em um processo judicial.

Veja também: Os 3 melhores bancos digitais

Temu no Brasil

Com a entrada da Temu no mercado brasileiro, uma intensa competição se espera para as empresas já presentes. A varejista chinesa traz consigo um modelo de negócio robusto, uma grande base de usuários e uma reputação de oferecer preços competitivos, preparando-se para impactar significativamente o cenário do comércio eletrônico no Brasil. Agora, aguardamos ansiosamente o lançamento oficial da plataforma e acompanhamos de perto como os consumidores brasileiros receberão essa nova opção de compras online.

Temu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative o Adblock para ver o conteúdo.