fbpx
Wordpress / SEO

Guia Completo sobre Permalinks e Sua Importância no Wordpress

Domine a Estrutura e Potencialize sua Presença Online com Permalinks no WordPress

Permalink é somente outro nome para o URL individual de uma página ou de um blog post em um site. É o link que você digita na barra de endereços do seu navegador de internet para acessar um item ou texto específico.

A nomenclatura permalink é uma abreviatura de permanent link, ou link permanente. Sendo assim, espera-se que tal endereço da web permaneça o mesmo com o passar do tempo. Geralmente, os permalinks são legíveis e fáceis de entender e memorizar — não somente para o público-alvo da página em si, mas também para os mecanismos de procura porquê o Google.

Se os permalinks do seu site não estão funcionando corretamente, ou estão com problemas de forma, você pode enfrentar diversas falhas, porquê links quebrados, páginas inacessíveis e altas taxas de repudiação.

Diante disso, neste item vamos explicar melhor qual é a estrutura de um permalink, qual sua influência e porquê você pode otimizar os links permanentes do seu site. Vamos lá!

Veja também: Os 5 Melhores Plugins para Melhorar a Velocidade de Carregamento do WordPress (speed up wordpress plugin)

A estrutura de um permalink consiste basicamente em duas partes: o domínio do site e a slug da página. Abaixo, você pode verificar um exemplo de permalink muito construído:

https://www.seusite.com.br/ideias-de-produtos/

Nos pontos a seguir, dividimos a estrutura do permalink para visualização das duas partes:

  • O nome de domínio do site – https://www.seusite.com.br
  • A slug da página – /ideias-de-produtos/

Um bom permalink deve ser evidente e objetivo. Confira alguns exemplos de porquê um permalink não deve ser construído:

  • https://www.seusite.com.br/como-construir-um-negocio-de-sucesso-online-para-iniciantes-em-2023/
  • https://www.seusite.com.br/post183

A estrutura do primeiro desses exemplos de permalink é muito extensa, e o segundo link permanente não dá indicação nenhuma sobre o que trata a página ou publicação em questão.

O permalink é um elemento crucial para suas páginas. Você deve incluir o tópico de verificação dos links permanentes em suas listas de tarefas quando estiver gerenciando os conteúdos do seu.

A influência dos permalinks está relacionada com o impacto que eles podem fomentar na usabilidade do seu site. Permalinks curtos e compreensíveis são mais atrativos e têm mais chances de receber cliques de visitantes do que aqueles permalinks longos e incompreensíveis, que se parecem com sites de spam.

A partir da estrutura dos permanent links, os visitantes podem imaginar qual é a temática universal do post ou inferir do que texto se trata. Ou por outra, links permanentes muito construídos também indicam que seus blog posts são confiáveis. Outro fator que aumenta a influência dos permalinks é que, porquê esse URL é permanente, ela permite que as pessoas favoritem suas páginas nos navegadores de internet.

Adicionalmente, os permalinks são recursos essenciais para erigir uma boa estrutura para seu site e para melhorar as estratégias de otimização de SEO.

Incluir uma herarquia de páginas com fluxo proveniente porquê sessão da arquitetura do dedo do seu site vai facilitar a navegação dos visitantes, melhorando a experiência do usuário. Essa estrutura de links permanentes também otimiza o processo de rastreamento (crawling) dos mecanismos de procura.

Vale lembrar que os URLs são um importante fator de ranqueamento do Google. A forma com que você estrutura os permalinks do site pode aumentar ou diminuir as chances do seu texto ser posicionado no topo dos resultados de procura de sites porquê o Google.

O WordPress possui uma estrutura padrão de permalinks que não é otimizada para SEO. Para gerar o URL, a arquitetura de links do WordPress utiliza o número do post de pacto com o banco de dados do seu site. Por exemplo: https://www.seusite.com.br/?p=164.

Se você deseja produzir uma estrutura personalizada de links permanentes, será necessário mudar as configurações dos permalinks. Siga o passo-a-passo indicado inferior para realizar o processo:

  1. Acesse a conta do seu site e entre no quadro de controle do WordPress.
  2. Passe o mouse sobre a aba de Configurações no menu lateral esquerdo da página e clique em Links Permanentes.
Selecionando o menu de Links Permanentes no painel de controle do WordPress
  1. Na seção de Configurações Comuns, selecione a opção Estrutura Personalizada e habilite as tags %category% e %postname%. Fique à vontade para ativar outras tags e configurar a estrutura personalizada de permalinks de pacto com a natureza e o propósito do seu site.
Configurando a estrutura personalizada dos permalinks no WordPress
  1. Role a página até o final e clique em Salvar Alterações.

Agora, a estrutura dos seus permalinks será composta pelo nome da categoria e nome do post ao invés de mostrar somente o número de registro da publicação. Veja o exemplo de porquê uma URL permanente configurada nesses termos é exibida: https://www.seusite.com.br/tutoriais/como-instalar-o-wordpress/

O primeiro passo para produzir um permalink otimizado para SEO é escolher a melhor estrutura de tags para seu site. Esse processo garante que seu novo padrão de links permanentes será consistente em todas as suas páginas e posts. Na próxima seção, indicamos algumas das estruturas de tags mais utilizadas.

Nome do Post 

Essa opção é adequada para sites que possuam artigos atemporais ou blogs de publicação única. Ou por outra, utilizar o título dos posts gera URLs simples e fáceis de memorizar, tornando esta uma estrutura de tags muito popular entre donos de sites.

Confira um exemplo de link com oriente protótipo: https://www.seusite.com.br/post-wordpress/

Categoria e Nome do Post

Esse método reflete uma estrutura hierárquica do seu site. É a opção ideal para sites baseados em conteúdos e que publicam artigos sobre diversos tópicos e categorias. Leste novo protótipo de permalinks inclui o nome do post e a categoria na qual ele será publicado (por exemplo: blog, WordPress, informações técnicas, notícias, dicas, etc.).

Assim, um URL criado com essa estrutura de tag se parece com o seguinte: https://www.seusite.com.br/blog/o-que-e-blog/

Data e Nome do Post

Esta estrutura é mais adequada para sites de notícias que possuem altas taxas de tráfico e que publicam múltiplos artigos por dia. O protótipo de permalink com esta forma inclui a data completa da publicação, separada pelo elemento da barra (/), e o nome do post, que aparece logo em seguida.

Veja um exemplo de URL permanente com esta estrutura de tag: https://www.seusite.com.br/2023/05/17/noticiais-do-dia/

Mês e Nome do Post

Esta é uma opção interessante para sites que publicam conteúdos que podem exigir atualizações no horizonte, já que o URL irá exibir o ano, o mês e o nome do post.

Com esta estrutura de tags, o padrão dos permalinks seguirá oriente exemplo: https://www.seusite.com.br/2023/05/estatisticas-do-site/

De modo universal, quando você estiver escrevendo o slug de um URL, é interessante levar em consideração algumas das melhores práticas sobre permalinks otimizados para SEO:

  • O slug deve descrever sobre o que a página ou o post trata.
  • Opte por um slug pequeno e fácil de memorizar.
  • Inclua palavras-chave de SEO relacionadas ao tema da página ou post, ou inclua termos que as pessoas costumam utilizar para buscar o texto em questão.
  • Caso o slug possua mais de uma vocábulo, separe os termos com hifens ou traços. Por exemplo: /o-que-e-permalink/.
  • Evite utilizar muitos conectores, artigos ou palavras vazias, porquê “a/o”, “mas”, “meu”, “seu”, “e”. Também evite utilizar acentos e caracteres especiais, porquê “ç”, “ã”, “1º”, etc.

As dicas de SEO sobre os usos e configurações de permalinks são somente uma sessão da estratégia universal de SEO de um site. Para mais informações com relação à temática de otimização de suas páginas e conteúdos para os mecanismos de procura, confira nossas técnicas de SEO para WordPress.

Outro método para editar um permalink no WordPress é através do seu editor de Páginas e Posts. Esse método se aplica aos conteúdos que estão sendo construídos e foram salvos porquê rascunho, isto é, conteúdos que ainda não estão publicados.

Para os usuários que utilizam o editor de blocos Gutenberg do WordPress, o primeiro passo é clicar no botão de Configurações localizado no esquina superior recta da tela para furar o menu lateral. Clique na aba de Post e selecione a seção de Sumário.

Localize o campo da URL, onde você verá o permalink padrão construído com a estrutura definida nas suas configurações. Para modificar o link permanente do texto que será publicado, basta clicar no slug e editá-lo de pacto com as suas preferências.

Seção de link permanente de um post no editor de blocos do WordPress.

Agora, se você utiliza o editor clássico do WordPress, a prévia do permalink pode ser verificada logo no topo da página, supra do editor de texto, ou inferior do título do post. Para mudar o slug, basta clicar no botão de Editar, digitar o novo URL personalizado e finalmente selecionar OK para salvar as modificações.

Seção de link permanente no editor clássico do WordPress

Caso você tenha ajustado as configurações gerais de permalinks no quadro do WordPress, não será preciso mudar manualmente cada um dos seus links permanentes. De todo modo, para fazer ajustes adicionais, lembre-se sempre de verificar a URL antes de publicar um post.

O permalink de um blog post ou item já publicado deve permanecer sempre o mesmo. Isso porque uma modificação no link permanente afeta os links internos e externos que direcionam o visitante para a página em questão.

De todo modo, há alguns casos em que você precisa editar os permalinks, por exemplo, quando:

  • A estrutura padrão de permalinks do CMS (sistema de gerenciamento de texto) que você utiliza não é otimizada para SEO ou não representa as informações do item ou blog post da página.
  • Você comprou ou adquiriu a propriedade do site de outra pessoa, e agora precisa reformular a marca e atualizar os endereços das páginas.
  • Há a intenção de modificar a natureza ou orientação universal do site. Por exemplo, quando você pretende transformar seu blog em um site de notícias.

Ainda assim, a mudança dos permalinks já publicados deve ser feita com muita cautela.

Se você deliberar modificar um link permanente, deverá configurar um redirecionamento 301. Esse passo é precípuo para notificar aos mecanismos de procura que a página em questão foi movida para uma novidade URL.

Caso o redirecionamento 301 não seja configurado, seu site apresentará falhas de URLs e links quebrados. Nesses casos, quando os visitantes acessarem o link que não funciona ou visualizarem a página com erro, eles abandonarão o site imediatamente. Sendo assim, esse problema eleva consideravelmente suas taxas de repudiação.

Mecanismos de procura porquê o Google também irão reduzir o ranqueamento orgânico do seu site nas páginas de resultados — já que a teoria mediano dessas plataformas é não direcionar os visitantes para uma página em branco ou para um site com erros. Sendo assim, ao prejudicar as estratégias de SEO, seu site vai perder tráfico e diminuir os rendimentos que você produz na internet.

Ou por outra, há grandes chances do seu site ser penalizado caso possua muitos links quebrados e URLs inacessíveis.

O WordPress possui plugins específicos para te ajudar a produzir redirecionamentos do tipo 301. São boas opções os plugins 301 Redirects, Redirection, e Yoast SEO Premium.

Conclusão de artigo

Um permalink é basicamente o link fixo de uma página ou publicação específica na internet. Durante o processo de rastreamento para indexação e ranqueamento de resultados, os crawlers dos mecanismos de procura fazem a leitura do URL das páginas do seu site. Os visitantes também prestam atenção no endereço que estão acessando para verificar se o post é confiável, seguro e se possui as informações que eles estão buscando.

Sendo assim, um permalink deve ser otimizado para SEO e também intuitivo para humanos. Já que sua nomenclatura se refere a um link permanente, ele não deve ser modificado às pressas e sem passar por um bom planejamento. Mesmo que você precise mudar um permalink idoso, é importante lembrar de configurar um redirecionamento 301 para evitar problemas com a URL.

Implementando as melhores práticas de permalinks e SEO, você pode aumentar o tráfico do seu site e melhorar o posicionamento dele nos rankings das páginas de resultados dos mecanismos de procura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desative o Adblock para ver o conteúdo.